Câmara cassa mandato de vereador de oposição ao Governo Municipal em Itatira

Nem Dias foi acusado  de receber benefício do INSS que é destinado a pessoas carentes

 

A Câmara Municipal de Vereadores de Itatira cassou, na última quinta-feira (21), por unanimidade, com 9 votos, o mandato do vereador José Ilo Barros Dias, Nem Dias (PSDB).

De acordo com o site Itatira News, Nem Dias foi acusado de receber um Benefício de Prestação Continuada – BPC, pago pelo INSS, que só poderia ser destinado a pessoas carentes.

Ele admitiu que recebia o benefício, mas alegou que não sabia que estava cometendo uma irregularidade. A denúncia assinada por um morador do distrito de Lagoa do Mato pedia o afastamento do parlamentar do cargo e instauração de um processo de cassação do mandato.

Nem Dias foi eleito com 511 votos. O vereador também teve os direitos políticos cassado e está inelegível.

O vereador fazia forte oposição ao Governo do prefeito Antônio Almir. O vereador cassado prometeu entrar na justiça para tentar retornar ao cargo.

Foto: Itatira News