PM prende suspeito de feminicídio em Caridade

Policiais Militares da Força Tática de Canindé e do destacamento da PM em Caridade prenderam, na tarde desta terça-feira (19), Cristiano Cordeiro da Silva, de 24 anos, suspeito de matar sua mulher no município de Caridade.

A ação foi registrada após a PM do destacamento de Caridade ser acionado para o Hospital daquele município, para averiguar informações sobre uma mulher identificada como Marília Alves Barbosa, 24 anos, que teria chegado ao local sem vida, depois de ser lesionada à bala. No hospital, a polícia conseguiu apurar que um homem, dizendo ser marido da vítima, teria socorrido ela até a unidade hospitalar e ido embora logo em seguida.

O policiamento com apoio da Força Tática de Canindé realizou diligências e conseguiu prender o suspeito do crime. Segundo a polícia, o homem foi preso quando retornava da casa de parentes em um mototáxi e ao perceber a presença da polícia tentou se desfazer da arma, que possivelmente teria sido utilizada no crime.

O revólver calibre 38, estava com cinco cápsulas deflagradas e uma intacta. Segundo a Polícia Civil, o suspeito tem passagem pela polícia por homicídio qualificado e tráfico de drogas. Cristiano foi condenado por homicídio em 2017 pelo Tribunal do Júri; ele teria queimado uma pessoa viva em 2013. À sentença ainda cabe recurso. Ele também estava com um mandado de prisão em aberto e era considerado foragido.

Ele foi preso e conduzido à Delegacia de Polícia Civil de Canindé onde foi lavrado o flagrante.

Na operação que prendeu o suspeito, a polícia conseguiu prender um homem de 28 anos, que estava com duas espingardas socadeiras em sua residência na comunidade de Baixa de Areia. O  Homem foi preso por posse ilegal de armas de fogo.