Bombeiros de Canindé combatem incêndio em vegetação

A equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CBMCE), em Canindé, debelou na última quinta-feira (8) um incêndio na zona rural do município.

Conforme as informações divulgadas pelo CBMC, por volta das 10 horas da manhã, a guarnição do serviço dos bombeiros de Canindé foi acionada para atender a um incêndio na localidade de Carnaúba dos Arrudas. A equipe se deslocou na viatura Auto Bomba Tanque 50 (ABT-50) e levou aproximadamente quatro horas para debelar o incêndio em cerca de 10 hectares. O trabalho consumiu cerca de 10 mil litros de água, além do uso de abafadores e bombas costais. Somente em agosto de 2019, a 6ªCia/3ºBBM, quartel de Canindé, atendeu dez ocorrências de incêndio em vegetação.

As queimadas são uma grande questão ambiental, e a prevenção é essencial para que o meio ambiente seja preservado. Por isso, o Corpo de Bombeiros reforça que algumas atitudes podem ser tomadas pela população para evitar que essas queimadas ocorram ou mesmo se propaguem:

  • Nunca jogue resto de cigarro ainda acesso, por menor que seja, em locais onde haja vegetação. Menos ainda se esta vegetação estiver seca;
  • Para as pessoas que viajam bastante, evitem jogar lixo pela janela do carro. A atitude é essencial para que as queimadas sejam evitadas, pois esse lixo jogado poderá servir de alimento para o fogo;
  • Em caso de acampamentos, a fogueira precisa ser feita em locais onde não haja vegetação, principalmente seca, ou a faça bem perto de um rio, observando o sentido do vento para que as centelhas desse fogo ou fumaça possam iniciar um incêndio florestal;
  • Nunca se deve soltar balão, em hipótese alguma, pois estes também são um dos maiores causadores de queimadas e, por isso, não soltá-los é uma maneira de evitá-las;
  • Nunca usar fogo para queima de lixo ou para a limpeza de plantação;
  • Próximo às estradas e torres de transmissão, o ideal é providenciar uma aceiro (limpeza de um terreno em volta de propriedades, matas e coivaras, para impedir propagação de incêndios) nas proximidades, de modo a evitar, em caso de incêndio, que este se alastre.

Com informações da SSPDS