Escolas de Itatira e Caridade estão entre as que apresentaram melhores resultados em 2018

O Governo do Ceará realizou na última quinta-feira (6), no Centro de Eventos do Ceará, a entrega do Prêmio Escola Nota Dez às 337 escolas públicas cearenses que se destacaram no ano de 2018. A solenidade de premiação contou com a presença do governador Camilo Santana, da vice-governadora Izolda Cela e da secretária da Educação, Eliana Estrela.

Os municípios de Itatira e Caridade aparecem entre os que tiveram escolas com o reconhecimento do Governo do Ceará pelo destaque em 2018.

Acesse a lista de escolas e municípios premiados.

Das premiações entregues às escolas na 11ª edição do prêmio, 150 foram para os melhores resultados de alfabetização na idade certa ao final do 2º ano do Ensino Fundamental. Já com relação à avaliação dos estudantes nas disciplinas de Português e Matemática, critério adotado para premiar as escolas pelo desempenho de suas turmas do 5º e 9º anos, foram mais 150 e outros 37 prêmios, respectivamente. A avaliação alcançou 283.420 alunos das três séries de 5.142 escolas públicas.

No início do Programa, apenas 14 municípios estavam no padrão desejável em alfabetização das crianças ao final do 2º ano do Ensino Fundamental. Em 2018, esse número saltou para 182. Quanto ao 5º ano, nenhum município cearense em 2008 apresentou média no nível adequado em Português e Matemática. Em 2018, 65 municípios já se encontravam com proficiência média no nível adequado nas duas disciplinas. No 9º ano é possível identificar que em Língua Portuguesa são 155 municípios nos melhores níveis e em Matemática são 48. Em 2010 eram 7 em Língua Portuguesa e 4 em Matemática. Mais uma vez, o Ceará obteve avaliação positiva em todos os municípios nesta etapa da educação básica.

Reconhecimento

A premiação para cada escola é de R$ 2 mil por aluno avaliado. Aquelas que precisam melhorar seu desempenho no processo avaliatório também recebem um estímulo de mil reais por estudante. O pagamento é feito em duas parcelas, sendo a primeira equivalente a 75% do valor total que cada unidade tem direito, mediante aprovação pela Seduc do Plano de Aplicação de Recursos Financeiros. O restante será quitado após a escola comprovar a execução da ação de cooperação técnico pedagógica com as escolas que tenham obtido os menores resultados; apresentar manutenção ou elevação do bom desempenho alcançado e a melhoria dos resultados da escola apoiada.

Com informações do Governo do Ceará