Sem reajuste de salários,  servidores ameaçam paralisar atividades em Canindé

Os servidores da prefeitura de Canindé que ganham diferente do salário mínimo não terão reajuste salarial neste ano de 2019. De acordo com o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé –SINDSEC a confirmação foi feita através de uma assessoria contratada pela gestão municipal para fazer uma explanação em uma audiência de negociação entre o sindicato e o Governo da prefeita Rozário Ximenes.  A gestão alega que não há recursos suficientes para garantir o pagamento em dia dos funcionários municipais, caso haja reajuste de salários para servidores da EDUCAÇÃO, SAÚDE e FUNDO GERAL que tem salários diferenciados.

A presidente do Sindsec, Regina Lemos, informou que em uma assembleia realizada na noite desta segunda-feira (27) os servidores decidiram realizar um dia de paralisação para pressionar o Governo do Município a conceder o reajuste. Regina também informou que a prefeitura está gastando quase um milhão de reais com cargos comissionados e contratos, o que contradiz a informação de que os efetivos é que oneram a folha de pagamento do Poder Executivo.

O sindicato ainda irá divulgar a data do dia da mobilização dos servidores em defesa do reajuste salarial em Canindé.

Foto: Sindsec