Diretor de fábrica em Canindé é considerado foragido, afirma delegado

A Polícia Civil de Canindé considera como foragido Flávio Roberto Sousa Alves, o “Peixoto”, gerente da Fábrica Gonçalves Calçados. Peixoto teve a prisão decretada pela justiça, após pedido da Polícia Civil em um inquérito que investiga a prática de crimes como assédio moral e assédio sexual.

Em entrevista na manhã desta terça-feira (30), o delegado regional Daniel Aragão Mota informou que o suspeito estava coagindo as vítimas.