Número de capturados por atos criminosos no Ceará sobe para 287

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) confirmou que 287 suspeitos já foram presos ou apreendidos por participação nos atos criminosos registrados nos últimos dias no Estado. O balanço corresponde às capturas até as 17 horas desta quinta-feira (10). As prisões e apreensões, que foram registradas na Capital, Região Metropolitana e Interior, são oriundas de ações das Polícias Civil e Militar do Ceará, que atuam incessantemente para garantir segurança a todos os cidadãos cearenses e a normalidade no funcionamento dos serviços públicos.

Equipes de diversas unidades da Polícia Civil permanecem em diligências, com investigações concentradas na Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). Já policiamento ostensivo continua reforçado nos locais estratégicos e dentro dos coletivos de Fortaleza e Região Metropolitana, a partir de operações da SSPDS e a Polícia Militar do Ceará (PMCE). Helicópteros da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer) da SSPDS dão apoio às ações.

Denúncia

A população pode contribuir repassando informações que ajudem nas prisões e apreensões de criminosos. As denúncias podem ser feitas pelo 181, que é o número do Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS); ou para o número (85) 98969-0182, que é o WhatsApp da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). O sigilo é garantido.

Por SSPDS