Câmara de Vereadores homenageia São Francisco com título de cidadão canindeense

 

O santo italiano recebeu a honraria pelos relevantes serviços prestados ao Município na área religiosa e no desenvolvimento do turismo religioso.

Em uma noite bastante concorrida, a Câmara Municipal de Canindé encerrou o período Legislativo de 2018 com homenagens a diversas autoridades que ao longo do ano se destacaram pelas suas ações em defesa do Município.

A mais importante da sua história foi para São Francisco, padroeiro da cidade. De origem Italiana, o santo nasceu no dia 5 de julho de 1182, há exatos 836 anos, e morreu no dia 3 de outubro de 1226, aos 44 anos. Já se passaram 792 anos. Foi canonizado no dia 16 de julho de 1228, dois anos após a sua morte. São Francisco se tornou santo há 790 anos.

Para o vereador Carlos Anastácio, a iniciativa de reconhecer o santo como cidadão canindeense dá-se pelo fato da influência religiosa que a cidade tem graças ao santo: “Canindé é conhecida internacionalmente por abrigar o maior Santuário franciscano das Américas e realizar a segunda maior romaria franciscana do mundo, perdendo apenas para Assis, na Itália, terra de origem de São Francisco.”

O decreto legislativo N° 020/2018 já foi publicado no Diário Oficial do Município. “São Francisco já é de Canindé de fato, agora será por direito”. Quem recebeu o título em do nome do Santuário foi o pároco Frei Jonaldo Adelino, natural de Mossoró, no Rio Grande do Norte. 

A honraria: ‘’O título de cidadão honorário’’ é uma maneira de prestar homenagem as pessoas que prestaram ou prestam ações na defesa do crescimento e desenvolvimento da região. 

A homenagem faz com que estas pessoas se tornem conterrâneas da terra natal, mesmo que não tenham nascido ou não residam no local que lhe agraciou com a honraria. 

Em Canindé, segundo o decreto, São Francisco recebe a honraria pelos relevantes serviços prestados ao Município na área religiosa e no desenvolvimento do turismo religioso. É o que aponta o reitor do Santuário de Canindé, Frei Marconi Lins: “Tem a própria movimentação econômica da cidade, que passa pelo circuito e pelo tempo forte das romarias e os fins de semanas, porque todo fim de semana tem muita gente em Canindé e a cidade se torna um lugar com grande fluxo de pessoas”. 

Sobre o reconhecimento, o frade conclui: “cada vez que a gente reconhece o bem que uma pessoa fez, não só aos seus concidadãos, mas também para a humanidade, como São Francisco, a gente percebe que é um incentivo para que toda a humanidade descubra o bem que pode fazer”.  

Reconhecimento 

O santo italiano, nascido em 3 de outubro de 1226, já ganhou alguns reconhecimentos ao longo desses séculos. Em 1999, a revista Time, suplemento semanal dos Estados Unidos, fez uma pesquisa com seus leitores para descobrir qual seria a personalidade mais marcantes e mais importante do milênio que terminava. O eleito foi: São Francisco de Assis, se tornando o Homem do Segundo Milênio. 

A Festa de São Francisco das Chagas acontece de 24 de setembro a 04 de outubro. Durante o ano, a cidade recebe em torno de 1,5 milhão de romeiros. Faz 260 anos de fé e devoção a São Francisco.

Por Antônio Carlos Alves