Sindsec pede na justiça bloqueio das contas da prefeitura de Canindé

O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé-SINDSEC protocolou, na manhã desta segunda-feira (10), na 1ª Vara da Comarca de Canindé, uma representação de Ação Civil Pública com Pedido de Tutela Provisória de Urgência para bloquear as contas da prefeitura de Canindé. De acordo com a presidente do Sindsec, Regina Lemos objetivo da ação é evitar que o Governo Municipal continue atrasando os salários dos servidores.

 

A decisão foi tomada na manhã desta segunda-feira em Assembleia Geral Extraordinária realizada por todas as representatividades das categorias de trabalhadores (a) filiados ao sindicato.

A expectativa do sindicato é que o Poder Judiciário possa bloquear as contas da prefeitura o quanto antes, para pagamento de salários dos servidores.

 

Alegando queda nos recursos repassados pelo Governo Federal, a gestão da prefeita Rozário Ximenes vem tendo dificuldades de pagar em dia os salários dos funcionários da prefeitura municipal. Nos últimos dois meses a prefeitura pagou os servidores todo fracionado, o que segundo o sindicato gera prejuízo para os servidores.

Foto: Sindsec