Pastor é preso por suspeita de extorsão em Canindé

A Polícia Civil de Canindé, através da equipe de investigações, prendeu, no início da noite de terça-feira (4), um pastor evangélico suspeito de extorquir uma professora.

Segundo a polícia, Francisco Isac Duarte Pereira, conhecido pastor Isac, congrega em uma Igreja que funciona no Distrito de Caiçara. O homem foi preso em flagrante ao tomar posse do dinheiro.

 Antes da prisão, a polícia montou uma operação no Centro de Canindé, local marcado pelo suspeito para se encontrar com a vítima, em uma residência no bairro Alto Guaramiranga e na própria residência do pastor. 

 A mulher, que não teve o nome revelado para não atrapalhar as investigações, é professora da rede municipal e o dinheiro seria de um precatório recebido da Prefeitura de Canindé.

 Para a polícia, ao tomar conhecimento que a mulher estava com o dinheiro em sua conta, o suspeito passou a pedir empréstimos e extorquir a vítima.

 A professora também começou a receber mensagens de ameaça pela internet, chegando até a dizer que se ela não repassasse o dinheiro, iria ser morta junto com sua família. Temerosa, a mulher começou a pagar as extorsões, e o pastor seria a pessoa que iria deixar o dinheiro aos supostos suspeitos das ameaças.

 Ainda, de acordo com a polícia, o prejuízo total seria de mais de 70 mil reais.