Dupla é presa suspeita de atear fogo em veículos da Prefeitura de Madalena

Dois homens suspeitos de atearem fogo em ônibus escolares da Prefeitura de Madalena foram presos, nessa terça-feira (20), em ação conjunta de equipes do Comando Tático Rural (Cotar) do Batalhão de Polícia de Choque (BPChoque) e do Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), ambos da Polícia Militar do Ceará (PMCE). Um terceiro suspeito é procurado pelas Polícias Civil e Militar e segue foragido. O caso é investigado pela Delegacia Municipal de Boa Viagem, que solicitou mandado de prisão em desfavor dos suspeitos.

As investigações acerca do crime iniciaram logo após o fato ter ocorrido, na madrugada da última sexta-feira (16). Os dois veículos incendiados estavam estacionados no pátio, que pertence à Prefeitura de Madalena, e ficaram totalmente destruídos. As diligências se intensificaram e os trabalhos investigativos apontaram os partícipes da ação criminosa. Após reunir provas suficientes da autoria, a Delegacia Municipal de Boa Viagem solicitou ao Poder Judiciário as prisões do trio, identificados como Luiz Henrique Fernandes dos Santos (19), Antônio Airton do Nascimento (41) – ambos sem antecedentes – e Victor Mendes Vieira (25), com passagens por roubo e tráfico de drogas.

Luiz Henrique, que é natural de Brasília-DF, foi localizado por equipes do Raio de Quixeramobim, em uma residência no bairro Duque de Caxias. O suspeito foi conduzido pelos policiais militares para a Delegacia Municipal de Quixeramobim, onde foi realizado procedimento para o cumprimento de mandado da prisão preventiva. O segundo suspeito preso foi Antônio Airton do Nascimento, que foi encontrado em Madalena, por equipes do Raio de Boa Viagem e do destacamento de Madalena. Airton foi conduzido para a Municipal de Boa Viagem.

A Polícia Civil mantém as apurações sobre o caso, no intuito de revelar a motivação do crime, bem como identificar outras práticas criminosas cometidas pelos suspeitos na região. O trio foi indiciado pelos crimes de dano qualificado e associação criminosa. Luiz Henrique e Airton seguem reclusos e à disposição da Justiça para responderem pelos crimes.

O terceiro suspeito, Victor Mendes Vieira (25), se encontra foragido e é procurado pelas forças de segurança.

Por SSPDS