Servidores da Saúde e Educação entram em greve por falta de pagamento

Servidores das secretarias municipais de Saúde e Educação de Canindé paralisaram as atividades nesta segunda-feira (19). A greve é por falta de pagamento de salários referentes ao mês de outubro.
De acordo com a Diretora de Comunicação do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Canindé – Sindsec, Aurenice Santiago, ainda faltam receber salários pela Secretária de Educação parte dos professores e administrativos das creches. Também, aguardam pagamento pela Secretaria de Saúde, servidores do GSU, UPA e Centro de Saúde Chico Campos.
“A gente está vivendo um cenário muito ruim para os servidores municipais, haja vista que o cronograma de pagamento de salários para servidores da Educação foi pior que o do mês de setembro”, avalia Aurenice Santiago.
Além de estarem sem receber salários, os servidores não podem fazer o deslocamento por falta de combustível, por não estarem recebendo o pagamento. Aurenice também informou caso o pagamento não seja disponibilizado nas próximas horas, os grevistas irão realizar atividades visando conscientizar a população sobre a greve.
Está prevista para amanhã desta terça-feira (20) mais uma concentração dos servidores em greve, na sede do Sindsec.
Por SINDSEC