Professores permanecem com atividades paralisadas na Zona Rural de Canindé

Permanecem em greve os professores que ainda não receberam seus salários referentes ao mês de setembro. As atividades escolares foram paralisadas na Zona Rural do município no dia 18 de outubro, por falta de pagamento de salários.
Tentando garantir o pagamento de salários da classe trabalhadora, o Sindsec entrou com uma ação judicial pedindo o bloqueio das contas da prefeitura municipal. O processo corre na 2ª Vara da Comarca de Canindé. De acordo com a Diretora de Comunicação do Sindsec, Aurenice Santiago, o Governo Municipal já foi notificado a prestar informações ao Poder Judiciário sobre o atraso salarial.
De acordo com o sindicato, a gestão municipal autorizou mais uma remessa de pagamento fracionado
para as Regionais de Targinos, Iguaçu, São Serafim,Vazante do Curú, Xinuaque e Salitre.
Segundo informou a instituição sindical ainda não receberam pagamento mais de 100 profissionais da Educação, os quais permanecem com as atividades paralisadas.
Com informações do Sindsec